...a escrever sobre dialise desde 2007...

10
Mai 09

 

O chefe do serviço de hemodiálise do Hospital Josina Machel, Álvaro Malega, informou em Luanda, que a introdução do serviço de Nefrologia e Diálise, em 2007, permitiu a redução em 30 porcento da mortalidade por doença renal.


Segundo Álvaro Malega, no centro os métodos terapêuticos, através do uso de equipamentos especiais de filtragem, o sangue é depurado de substâncias nocivas, processo anteriormente só possível no exterior do país, para onde os pacientes eram encaminhados, por juntas médicas.


“Com o projecto, o país poupa mais de um milhão de dólares por ano, que eram gastos em estadia, tratamento, medicamentos, transportes, alimentação e outros acompanhantes no exterior. Hoje tudo isso não é mais preciso”, afirmou.


De acordo com o especialista angolano, os doentes que estavam no exterior já estão de volta e muitos deles se encontram no Centro a fazer hemodiálise, à receber um serviço tecnicamente dirigido, realizado exclusivamente por médicos angolanos.


“No Centro de Hemodiálise do Hospital Josina Machel, trabalhamos com três médicos especialistas: um angolano, dois estrangeiros e um não especializado. Por outro lado, temos enfermeiros e técnicos de enfermagem, sendo 30 nacionais e três estrangeiros”, referiu.


De salientar que, o Centro assiste actualmente 105 pacientes.

 

fonte: Jornal de Angola online

http://www.jornaldeangola.com/artigo.php?ID=97497&Seccao=geral

publicado por rui sousa às 19:52
tags:

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
mais sobre mim
email
blog.hemodialise@gmail.com
pesquisar
 
blogs SAPO