...a escrever sobre dialise desde 2007...

04
Fev 10
 

A Associação Nacional de Centros de Diálise (Anadial) acusa o Estado de estar a dever 33 milhões de euros às suas associadas, relativos à realização de tratamentos de hemodiálise. Em comunicado, a associação diz que a maior parte da dívida está associada aos subsistemas públicos, como a ADSE. Só esta tem em dívida 26 milhões.

"As facturas mais antigas reportam-se a cuidados de saúde prestados aos beneficiários em Março de 2008", refere o presidente da associação. César Silva refere que "há 23 meses que a generalidade das clínicas não recebe pagamento destas entidades, financeiramente responsáveis pelos cuidados prestados aos beneficiários". A situação, diz, é "insustentável".

Os prestadores de cuidados de hemodiálise, lançam o alerta: "Se não for resolvido o problema de imediato, poderá ser posta em causa a actual cobertura da rede".

O tratamento de doentes com insuficiência renal já esteve envolvido em várias polémicas. Algumas envolvem a falta de transparência nos processos de exploração dos centros de diálise, dos hospitais, como as adjudicações com mais de 20 anos de centros a entidades privadas, sem se conhecerem critérios. Recentemente, o DN noticiou um acordo estatal com a Fundação Renal, que não tinha personalidade jurídica, com vista à criação de 15 centros.

O Ministério da Saúde esclareceu que, neste momento, tem sete milhões de euros por pagar às clínicas mas que o pagamento não está atrasado, apenas dependente da "conferência das facturas". A ADSE também se mostrou pronta para reembolsar a facturação que seja apresentada, numa semana.

 

fonte: http://dn.sapo.pt

publicado por rui sousa às 12:55
tags:

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


arquivos
mais sobre mim
email
blog.hemodialise@gmail.com
pesquisar
 
blogs SAPO